segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Cada dia eu pensava como seria quando eu estivesse aqui. Novo país, nova cidade, nova cultura, ou seja, tudo novo. E passei oito meses, querendo estar aqui. Não por ser tudo isso, mas para estar ao lado do meu marido. E ter uma vida normal de casal.
Acredito que para cada pessoa que passou por tudo isso, e está em um novo país, no começo não e tão fácil, como se imaginava. Eu não sei! Só sei que a saudade sermos vai corroer o coração, nos dois lados da situação. A saudade sempre vai existir, estar presente. Machucando!
O bom seria se pudéssemos nos dividir em duas partes, e estarmos em dois lugares diferentes. Ahh! Como seria bom! Mas isso é impossível. Então, hoje eu escolho viver mais um dia fazendo o que eu posso de melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário